"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música"
Friedrich Nietzsche

segunda-feira, maio 30, 2011

Manifestações

Como estou indignado e muito preocupado com as nossas escolhas políticas, que na realidade não são nossas, pois Palocci, Dirceu, Delúbio, entre outros não foram postos no centro do poder pela população e sim pelas mãos de Dilma. Fico pensando se há uma forma da população mostrar esta indignação (supondo que ela não seja só minha).
E aí vem o problema. Recentemente tivemos uma mobilização antibolsonarismo, uma marcha pela legalização da maconha, mas, contra a corrupção, contra a prevaricação e tantos outros males que atingem nosso setor público, principalmente político nada.
E me pergunto. Será que ser contra o Bolsonaro ou legalizar a maconha  (até o Fernado Henrique está nessa, não pode boa coisa) são as prioridades do povo? Se é assim, bem, estamos realmente como diz aquele ditado "em um mato sem cachorro". 
Espero sinceramente que a sociedade brasileira comece a se incomodar com o que realmente importa. Podemos resolver os problemas menores após ajustarmos e azeitarmos a máquina estatal. Com menos desvios e mais boa vontade (sem locupletação), poderemos direcionar nossas verbas para a saude, educação e segurança. 
Creio que isto feito e gerando um avanço social da população como um todo, só então pode-se pensar em perseguir o Bolsonaro, legalizar a maconha e outras tantas necessidades "essenciais" criadas recentemente pela mídia.

Um comentário:

ericsiqueira disse...

Gostei do blog. Jà deixei resposta no blog sobre a prova online. Desculpe a demora. http://ericsiq.blogspot.com